28 de março de 2019

Sete alunos participam do programa Aluno Tutor do Google For Education

O grupo realizará os testes propostos pela Google e quem se certificar poderá conhecer a sede da empresa em São Paulo. (Foto: Colégio Jean Piaget)

Para se tornarem tutores, os alunos deverão realizar desafios propostos pela plataforma e auxiliar até 5 professores a usarem os recursos do Google.

Sete alunos do Colégio estão participando do projeto “Aluno Tutor” da Google For Education. O projeto é desenvolvido para estudantes que querem ajudar a promover a cultura de inovação e tecnologia Google dentro da escola. A certificação é emitida pelo Google Brasil.

Bernardo Louzada, Branco Peixoto, Fernanda Alves, João Victor Couto, Maria Thereza Velloso, Paula Gato e Vitor dos Santos realizarão os desafios propostos no curso que é dividido em 3 circuitos: “1. Conhecendo as ferramentas Google”, “2. Sou aluno Tutor. E agora?” e “3. Nós somos alunos Tutores” .

“Consideramos o projeto uma excelente oportunidade para colocá-los em contato com questões importantes relacionadas ao uso seguro e adequado da internet, valorizar talentos e compartilhar conhecimentos”, explicou a coordenadora da equipe de Tecnologia da Educação, professora Paola Araújo.

Os pré-requisitos para participar são: ter idade mínima de 13 anos, disponibilidade para participar das aulas que acontecem nos períodos da manhã ou tarde, auxiliar até cinco professores a utilizar as ferramentas do Google For Education e cumprir todas as atividades e desafios para receber a certificação.

O principal objetivo do projeto é aproximar ainda mais a tecnologia da educação. “Caso alguém precise de qualquer coisa, eu espero poder ajudar. Tenho interesse na área de tecnologia e computação, pretendo fazer a graduação nessa área e futuramente trabalhar com isso no Google. Eu tenho certeza que isso vai me auxiliar no futuro, além de ser uma experiência nova”, afirmou Vitor, um dos participantes.

Além do certificado, eles terão a oportunidade de visitar a sede da Google Brasil, em São Paulo ainda este ano, para realizar dinâmicas com os alunos tutores de outras escolas.